SiG Portal
 
ISO 14000
Publicado em: 29/01/2015
 
Revisão da norma ISO 14001 (Gestão Ambiental) segue para o estágio final. Acompanhe!!!
 

A ISO, International Organization for Standardization, anunciou no ultimo dia 22 de janeiro que o processo de revisão da Norma ISO 14001 avançou para o estágio chamado FDIS (Final Draft International Standard), que significa “Projeto Final de Norma Internacional”.  O projeto da norma, no estágio anterior, foi aprovado com uma expressiva votação de mais de 92%, no final de 2014 – informa o site da ISO.

Todas as normas ISO são submetidas a um processo de revisão a cada três a cinco anos, para assegurar que ainda são relevantes e atuais. No vídeo abaixo (já legendado por nós em Português), Anne-Marie Warris, Presidente do Sub Comitê que está revisando a norma, explica quais são as principais mudanças que estão ocorrendo e quais são os próximos passos. 
 

“A ISO 14001 é uma norma ambiental crítica”, diz Anne-Marie. “Ela reúne todas as questões ambientais, sejam da água, ar, clima, solo, e requer das organizações que pensem sobre elas de uma forma holística”.
A versão atual (FDIS) é um passo importante e terá algumas melhorias em relação à edição anterior. Algumas dessas mudanças são baseadas em uma pesquisa conduzida pelo comitê, que recebeu mais de 5 mil respostas vindas de 110 países. Como resultado, a norma contemplará um grande foco em:
• Gestão Estratégica Ambiental.

• Liderança;

• Proteção ao Meio Ambiente;

• Desempenho Ambiental;

• Pensamento de “Ciclo de Vida”;


A ISO 14001 encontra-se agora no estágio “Projeto Final de Norma Internacional” (FDIS, sigla em Inglês). Isto significa que os Especialistas que estão revisando a norma vão considerar todos os comentários recebidos durante a consulta pública realizada previamente (no estágio DIS), na próxima reunião que eles terão, em Tóquio, entre os dias 2 e 7  de fevereiro de 2015. O resultado será um projeto final que será submetido a votação. Uma vez aprovado, a norma será publicada. É esperado que essa nova versão seja publicada lá pelo fim de 2015.
 

Nossa Visão Sobre as Mudanças Anunciadas
 

Temos observado que as normas ambientais estão sob pressão da opinião pública e dos usuários, como resultado da crescente importância que esses temas tem ganhado em face dos problemas e desafios que preocupam a sociedade. Todas as mudanças apontam na direção de uma maior efetividade da norma, no sentindo de contribuir de maneira relevante para a prevenção de problemas ambientais, não apenas no âmbito das organizações e seu entorno, mas para a sociedade em geral, como a Presidenta do Comitê enfatizou mais de uma vez em sua entrevista, o que ela chamou de “uma abordagem holística das questões ambientais”. As organizações estão sendo chamadas a contribuir de maneira mais ampla e efetiva para as questões ambientais. 


A versão anterior parecia ter um foco maior no atendimento aos requisitos legais e estatutários na prevenção ou mitigação dos eventuais impactos ambientais gerados pelas atividades operacionais. Agora, o convite é para que as organizações levantem um pouco mais os olhos, e identifiquem meios de contribuir mais proativamente para a melhoria do quadro ambiental global, com uma participação mais efetiva da Liderança e com o pensamento de ciclo de vida – o que tornará a gestão ambiental mais perceptível pela sociedade, com as empresas não apenas prevenindo impactos ambientais, mas gerando aspectos ambientais positivos para a melhoria da qualidade de vida do ponto de vista ecológico. 
 

Carlos Roberto Coutinho

Diretor da LARC Consult
Engenheiro industrial, Consultor em Sistemas de Gestão da Qualidade, Meio Ambiente, Segurança e Saúde Ocupacional. Especialista em programas de aumento de ganhos e redução de custos operacionais com base no TOC, Lean Manufacturing e 6 Sigmas. Auditor Líder ISO 9001.
E-mail: [email protected]

www.larcconsult.com.br